fbpx

Blog

SXSW2018_StreetBanners-1024x614-810x486

Tendências da SXSW 2018

Nas últimas duas semanas, a South by Southwest bombou e surpreendeu muitos. O evento, realizado em Austin, no Texas (EUA), é considerado uma grande referência mundial em tecnologia, inovação e economia criativa.

Por isso, muitas das temáticas lá discutidas tendem a antecipar as tendências que estão por vir. Algo que torna este evento um divisor de águas para diversos setores e destaca pontos que devem ser levados em consideração ou repensados.

Dessa forma, não poderíamos deixar de fazer um resumão e apresentar quais foram as questões mais importantes abordadas durantes estas semanas de palestras e seminários. Listamos aqui os pontos que mais foram comentados tanto no local como nas redes sociais no pós-evento.

Fim do Gênero

Desconstruir o conceito de divisão de gêneros é uma premissa forte socialmente e comercialmente. A tendência é que o público cada vez mais busque nas marcas serviços/produtos que não se utilizem desta demarcação. A tendência do genderless demonstra exatamente isso. Sendo assim, boa parte das marcas terão que rever seus métodos de produção e divulgação para se adaptar ao mundo não-binário.

Empatia de causas

Marketing de causa já é uma forte tendência e só tende a ganhar maiores proporções. O consumo virá a ser atrelado de forma mais direta às causas defendidas pela marca, e o consumidor buscará se relacionar somente com empresas que defendam causas com a qual ele se identifique. Portanto, é preciso verdadeiramente que as empresas iniciem apoios e engajamentos a causas sociais.

Modo Humano

Ligado muito fortemente ao conceito anterior, um desejo de muitos dos consumidores será de que as empresas e o atendimento em geral se tornem mais humanizados. Em contraposto a muitas das tendências atuais de tecnologia, esse ponto demonstra que muitos virão preferir algo mais pessoal e personalizado, com um toque humano.

Serviços automatizados

Em um caminho totalmente contrário da ideia anterior, o crescimento dos serviços automatizados, como as assistentes virtuais por reconhecimento de voz, só tendem a se expandir, principalmente nas grandes metrópoles e dentro das indústrias.

Light Speed Learning

Tudo vem se tornado cada vez mais rápido, um exigência que vem se espalhando para diversos setores, incluindo agora a educação. Não exatamente na base curricular, mas sim nos cursos e estudos acadêmicos. O fluxo é que os cursos de período curto e intenso se tornem mais comuns, principalmente, para responder a demanda de muitos profissionais e acadêmicos que procuram um conhecimento mais rápido e uma aprendizagem mais prática.

Mercado local

Parte das novas gerações iniciará um processo de transferência de consumo dos grandes monopólios para empresas locais, com a assertiva de sentimentos como proximidade, familiaridade, sustentabilidade e consumo consciente.

Microinfluenciadores

A questão anterior nos leva a este ponto, onde os tão comentados influenciadores de grande renome cedem parte de seu espaço para o poder dos influenciadores de menor renome, ou seja, a tendência é que o consumo cada vez mais local eleve a cultura local, e, portanto, as pessoas de influência em uma certa região terão maior impacto quando comparado a alguém influente em um maior âmbito.

Essas são algumas das previsões de comportamento e consumo para o futuro. Não há como ter a certeza absoluta da forma que tudo será, mas ter o conhecimento e a mente aberta já é meio caminho andado quando se trata de estar lado a lado com a inovação. Eventos como este são um exemplo de como participar do processo constante em direção ao futuro.

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email