fbpx

Blog

trabalhadores-diminutos-que-reparam-um-teclado-de-laptop_1252-852

Fake Followers: a ilusão de que quantidade significa sucesso

É cada vez mais comum a existência de sistemas especializados na produção de fake followers, ou seja, seguidores falsos, além da realização de bots para gerar engajamento. O número de perfis e empresas que utilizam-se deste serviço também só cresce, mas porquê?

Tudo isso ocorre devido uma velha e ultrapassada premissa que ainda permanece na mente de muitas pessoas: quantidade se traduz em qualidade. Sim, números podem parecer mais palpáveis, mas não se enganem, eles quase nunca se traduzem automaticamente em qualidade e, muito menos, em sucesso. Para um número virar uma prova concreta de qualidade, principalmente, no meio do marketing digital, é preciso um trabalho bem mais árduo e de longo prazo.

O problema é que enquanto muitos manterem este pensamentos, fatores como fake followers (seguidores falsos). foco único no lucro final e na taxa de conversão serão uma constante no mercado. É preciso, para que um negócio cresça, que ele vá muito além de somente uma fonte de renda com base em números. No mundo de hoje, as pessoas pedem por conteúdo, significância, inovação, humanização e um conjunto de fatores que demonstrem que a empresa busca se engajar com o mundo além do âmbito comercial.

Isso, sem falar no fator ética. Não seria antiético iludir ou, até mesmo, manipular o público sobre informações da sua empresa em prol de criar um relacionamento com ele? Criar uma falsa imagem é prejudicial para o público, para uma competição limpa e para a própria empresa.

Pois, imagine, se boa parte de seu público em redes sociais é falso, resumindo, é um público que não gera engajamento ou relacionamento – como que você irá atingir o público que realmente importa? Torna-se bem mais difícil, isso nós podemos garantir. Algo que dificulta também a análise de dados e métricas, ações que são a base para um social media de qualidade. A compra de fake followers altera os dados tornando-os imprecisos, o que causa confusão no entendimento real do público da marca e do conteúdo que realmente engaja ou tem efeito.

A reputação de sua marca também está em questão, brand safety é exatamente isto: competir de forma limpa com seus concorrentes, mantendo a imagem e as morais de sua empresa sempre harmonizadas uma com a outra.

Pode parecer muito tentador, mas não se deixe levar pelos grandiosos números no feed de uma grandiosa marca. Foque-se no que realmente importa, seus seguidores já existentes e o conteúdo que você produz. É aí que nasce a qualidade: no planejamento, na produção criativa, na personalização, no bom atendimento e na fidelização, quesitos que não dependem diretamente de números. Por isso, desprenda-se deles por um momento e aprenda a utilizá-los e interpretá-los com sabedoria e técnica.

Para saber mais

A informação na era das redes sociais: fake news a bolhas sociais

Artigo desenvolvido pela agência.

Compartilhe