fbpx

Blog

KashmirHillandSuryaMattu_2018-embed

Conteúdos do TED para se inspirar e refletir sobre a era dos dados

Não consegue entender os conceitos de Big Data ou sua importância na sociedade atual? Não se preocupe, é muito comum não perceber os dados como parte de sua realidade, mesmo eles estando lá constantemente.

Para facilitar esse processo, selecionamos conteúdos de inspiração e reflexão sobre o uso de dados, com palestras e casos que demonstram na prática os lados positivos e negativos desta nova era. Como base de conteúdos, escolhemos novamente o projeto TED (Technology, Entertainment and Design), que utilizamos em diversos momentos como fonte de conhecimento e evolução profissional.

Para aqueles que não conhecem o TED é uma conferência de palestras com as mentes mais geniais sobre as mais diversas temáticas, com eventos ao redor do globo. Exatamente como seu slogan coloca, este é um projeto onde encontramos “ideias que merecem ser disseminadas”.

A ideia é apresentar uma lista de indicações, de um pouco mais de uma hora de duração ao total, para você iniciar sua relação com essa plataforma incrível de conteúdo, e talvez, desenvolvê-la após, procurando outros vídeos além destes que indicamos.

Agora, basta se preparar para o brain explosion (explosão cerebral) de informações e conhecimentos de extrema importância e apertar o play.

O que fazer com todos esses megadados?  

Nesta apresentação, Susan Etlinger reflete sobre como o pensamento crítico é importante para transformar o mar de dados da Big Data em algo relevante para a sociedade, considerando a responsabilidade daqueles que interpretam os dados e designam significado a eles.

Big Data são dados melhores  

Entender o significado e impacto da quantidade massiva de dados e do conceito de machine learning pode ser complexo, por isso, nesta palestra, Kenneth Cukier fala sobre o crescimento da quantidade e qualidade dos dados, assim como a facilidade ao acesso deles, sobre o pensamento de enxergar todos os atos e comportamentos sociais como dados que podem ser tabulados, sobre a realidade de sistemas que aprendem a partir de dados e sobre os aspectos negativos.

Como podemos nos encontrar em dados 

Analisar uma quantidade massivas de dados nem sempre resulta em conclusões precisas, isso ocorre pois muitas vezes esquecemos o fator humano ligado às informações. Neste vídeo, a italiana Giorgia Lupi, profissional responsável pelo design e apresentação visual de dados, relembra a importância de reconectar o fator criativo e humano ao utilizar Big Data, lembrando que este é um meio, uma ferramenta, e não o produto final.

A introspecção humana em falta no Big Data  

Para entender melhor a presença do Big Data no mundo dos negócios e a importância do fator humano neste processo, este vídeo é essencial. Aqui, Tricia Wang se questiona: por que empresas que investem e adquirem big data nem sempre veem o retorno de seus investimentos? Por que a ferramenta não leva a melhora de resultados? Onde se encontra as problemáticas no uso de Big Data para estratégias e previsões de mercado?

O que seus dispositivos inteligentes sabem (e compartilham) sobre você  

A Internet das Coisas é um conceito cada vez mais presente na vida das pessoas e denomina todos os utensílios que funcionam de forma inteligente, via internet, ativação automática e/ou por aplicativo, por exemplo.  Este vídeo, dos palestrantes Kashmir Hill e Surya Mattu, aborda a ligação entre estas tecnologias e a coleta de dados dos usuários, que geralmente são enviados e vendidos pela empresa, refletindo sobre a ideia de privacidade.

Retratos humanos perspicazes feitos a partir de dados  

Neste vídeo do artista R. Luke Dubois, ultrapassamos a noção básica de dados utilizados meramente para estratégia de mercado e embarcamos em uma campo conhecido como arte com dados, cuja ação é realizar a visualização de conjuntos de dados adquirindo significado, assim como arte, e delineando retratos de comportamento, funcionamento e etc.

Para saber mais 

Em busca de mais conteúdos inspiradores?

Confira outras indicações em nosso texto "Uma hora e meia de inspiração, reflexão e criatividade com TED".

Quer saber mais sobre dados?

Leia nosso texto "Big Data: a revolução dos dados" e explore a série especial da qual ele faz parte.

Compartilhe