fbpx

Blog

WhatsApp Image 2019-08-01 at 17.30.42

Clubinho da Inspiração #3: hora de aprender

Bem-vindos ao Clubinho da Inspiração!

Mensalmente, reuniremos algumas das principais indicações de conteúdos que devem justamente inspirar: reflexão, criatividade, sabedoria, emoção e críticas. 

Para o mês de agosto, nos afastamos um pouco do audiovisual para explorar novos formatos. Em quase maioria, a escrita demonstrou o seu poder de atração com livros, textos on-line e infográficos. O áudio fez seu retorno com podcasts. Mas, como a Netflix é rainha, ela ainda marcou presença com uma super série. No geral, o que se destaca neste mês é o conhecimento especializado sobre os assuntos mais variados. Bora aprender!

Todo mês, cada participante indica um conteúdo de forma secreta. As indicações são sorteadas entre o grande grupo (tipo amigo secreto). Cada um fica responsável de consumir o conteúdo que sortear dentro do prazo combinado. 

No dia da reunião do clubinho, além de muita comilança, todos apresentam seus conteúdos, com o objetivo de uma reflexão coletiva e, claro, para tentarmos adivinhar quem o indicou em primeiro lugar. 

1 – Seja criativo;

2- Qualquer produção vale como indicação (não se prenda apenas ao óbvio);

3- Produções que incentivem preconceitos e cultura de ódio estão VETADAS;

4- Tente diversificar e apresentar produções de pouco reconhecimento ou desenvolvidas por minorias sociais;

5- Seja crítico com aquilo que consome (nada de passar pano);

6- No dia da reunião, sempre que possível, traga ceva, comes e boa conversa consigo;

7- Engaje nas conversas dos outros conteúdos que não foram indicados ou sorteados por ti;

8- Venha de mente aberta, sempre!

No momento, os integrantes do clubinho fazem parte da equipe da agência, mas quem sabe, no futuro, você também possa fazer parte. Caso tenha interesse, estamos de portas abertas (nos contate!). 

Agora, as feras indicadoras:

Júlio #boss, Amanda #jornalista (social media e redatora), Daiane #designer (head de criação), Joel #criação e Alan #comercial (ainda criaremos apelidos mais criativos). 

Percebemos que, no mundo de hoje, podemos aprender em espaços que vão muito além de cursos e conteúdos educacionais. 

Ainda mais na era de produção de conteúdo, na qual podemos encontrar e explorar algo interessante e criativo, em grandíssima quantidade, nos mais diversos formatos. 

Pensando nisso, e mergulhados no sentimento de que muitas vezes ficamos perdidos com a quantidade enorme de opções de consumo (todos sabemos o que é demorar horas para escolher algo na Netflix), resolvemos criar uma forma de “trocar” conteúdos. 

Assim, o objetivo é guiar um ao outro em meio à imensidão de produções. Além de aumentar o repertório (algo muito importante quando se trabalha com criatividade) e gerar reflexões mais profundas sobre assuntos que muitas vezes ignoramos.  

LIVRO

As marcas no Divã

TROIANO branding
2016 | 186 PÁGINAS

SOBRE

Nada como aprender mais sobre branding com um dos especialistas pioneiros da área no Brasil. Ainda mais quando a leitura é dinâmica, composta por analogias e recheada de cases de sucesso inspiradores. 

Escrito por Jaime Troiano, líder da Troiano Branding, primeira agência dedicada 100% à área, as diversas páginas são carregadas de um conhecimento extenso na produção de marcas. Não é por acaso que este livro se tornou, aos poucos, em uma pequena bíblia do branding, responsável por analisar a ideia de construção de valor, em seus sucessos e fracassos.  

No capítulo lido durante o Clubinho (parte 7 – Consistência é tudo), conhecemos a metáfora das marcas Sherazade (não confunda com a jornalista, neste caso estamos falando da jovem moça do conto Mil e Uma noites). Conceito criado para explicar marcas de prestigio que estão sempre atualizando seus valores, contando novas histórias e criando laços mais profundos com o consumidor.

Mas também somos alertados pela vontade excessiva e descontrolada de se modernizar. É preciso tomar cuidado para não dar passos maiores que a perna, pois, acima de tudo, o essencial está em preservar a imagem.

Claro que não somente marcas são centro do assunto, quem as constrói também tem o seu espaço no divã.  Por exemplo, vemos a analogia entre músicos, maestros, instrumentos e orquestras, cada um representante de uma peça do marketing brasileiro (seja profissional ou ferramenta). 

Em geral, como um bom clássico na área, a leitura é essencial para entender algo que parece fácil no conceito, mas que tem diversas minucias na hora de praticar. Caso queira ter uma iniciação antes, pode também ler o nosso texto sobre branding, é só clicar aqui.

pODCAST

Comunicação em Vendas: o que o Rádio tem a nos ensinar

produção: casts for closers
2019 | 32 min

SOBRE

Podemos não estar mais na era do rádio, mas existem radialistas e programas que deixam sua marca. Um exemplo clássico disso é o programa gaúcho Pretinho Básico, da Rádio Atlântida. Poucos segundos da música de trilha sonora ambiente ou algumas palavras do apresentadores e já se tem aquele sentimento de nostalgia e reconhecimento.

Espelhando-se neste sucesso, o podcast Casts For Closers entrevistou Alexandre Fetter, um dos responsáveis pelo programa e grande radialista gaúcho, com o intuito de entender quais dicas o rádio e a comunicação podem oferecer a prática de vendas. 

Ao longo da conversa, com uma pegada mais informal, quase um papo de bar, alguns dos pontos abordados são: o impacto do tom de voz e da energia do comunicador/vendedor; o uso de redes sociais como um canal adicional; credibilidade; conhecimento e paixão pelo produto vendido; liderança e equipe.

Um dos conceitos mais essenciais surge mais ao final da entrevista, quando ambos falam sobre a ideia de ordem e caos, referindo-se ao equilíbrio entre planejamento e impulso, algo importante tanto no caso da produção de conteúdo quanto no setor de vendas.  

compilação on-line

Portinari: o pintor do povo

Google Arts & culture
2019

SOBRE

O Google é uma das ferramentas mais inovadoras e versáteis, com diversos programas e diferentes utilidades. Agora imagine um lugar que uni todas as ferramentas do Google em prol das artes e da cultura: sim, esse é o Google Arts & Culture. 

Nesta plataforma, qualquer pessoa de qualquer lugar do mundo pode ter uma experiência artística através de seu computador ou celular. É possível visitar museus, ver obras de arte, conhecer mais sobre artistas, períodos artísticos e o que mais for imaginável, sem nem precisar sair de casa.

Neste caso, em uma edição especial brasileira, o site homenageou um dos principais pintores brasileiros: Cândido Portinari. Responsável por retratar o povo brasileiro e desenvolver a cena artística brasileira, ele se tornou uma das figuras centrais na valorização da cultura nacional. 

Para conhecer mais sobre sua carreira e seu legado, o material compila diferentes textos (incluindo uma carta de seu filho) e obras de formas criativas e inspiradoras. Por exemplo, você pode conhecer as obras de Portinari por cores ou por uma linha do tempo, vai de como preferir. 

Também é possível ver detalhes de suas principais obras bem de perto (com comentários de especialistas); visitar sua casa em um tour virtual; conhecer outros trabalhos exercidos por ele (como designer, ilustrador ou poeta) ou saber mais sobre o trabalho que definiu sua carreira: o mural Guerra e Paz, exposto na sede da ONU. 

Independente do caminho que você seguir dentre as vastas trajetórias oferecidas, o aprendizado é gigantesco e as ferramentas são surpreendentes, tornando a experiência ainda mais marcante e recuperando um antigo sentimento que parecia morrer aos poucos: o de encantamento pelas artes. 

SÉRIE

Explicando

pLATAFORMA: NETFLIX
produção: vox
2018 | 20 EPISÓDIOS

SOBRE

Em uma sociedade sem tempo e em constante pressa, parece que nunca temos tempo para entender o mundo ao nosso redor.

Pensando nisso, a VOX, produtora de mídia americana, tornou-se especialista em apresentar assuntos complexos de forma acessível e dinâmica. Tanto que poderíamos chamar seus vídeos de pequenas cápsulas de informação.

Utilizando esse mesmo conceito e linguagem, eles decidiram dar um passo além e explorar uma das plataformas mais famosas do momento: a Netflix. Surgiu, assim, uma super parceria que deu vida à série Explicando. 

Com episódios curtos, de cerca de apenas 20 minutos, você pode explorar e compreender mais sobre os variados assuntos em ascensão na sociedade atual.

  • Quer saber mais sobre temas genéricos e gerais, como música, tatuagem, críquete ou até o ponto de exclamação? Tem!
  • Não entende nada de ações de mercado ou crise global da água? Também tem!
  • Já se perguntou como poderíamos viver para sempre ou por quê dietas dão errado? Aqui você encontra respostas.
  • Quer polêmica? Tem episódio sobre maconha, sobre vida extraterrestre e sobre monogamia. 
  • Tá perdidão com assuntos atuais como criptomoedas, k-pop, astrologia e e-games? Aqui dá pra entender tudo isso.
  • E o mundo feminino? Têm episódios especiais sobre orgasmo feminino e sobre a desigualdade salarial entre gêneros.
  • Busca algo mais complexo, como diferença econômica entre raças, DNA e o conceito de politicamente correto? Sem problemas, porque também é abordado.

E isso é somente a primeira temporada. Sem dúvida, assunto e conhecimento não falta. Você pode se tornar um especialista sem sair da cama, se divertindo e em poucos minutos.

infográfico

Factory Records

produção: estadão
2019

SOBRE

Fazer um bom infográfico dá muito trabalho (quem aqui lhes escreve sabe muito bem disso). Agora, compor este infográfico ultrapassa todos os patamares fodásticos que existem. Duvido que você já tenha visto um infográfico tão incrível como este. 

Primeiro temos o tema diferente e atrativo. Nada de dicas ou assuntos enfadonhos (como economia); aqui estamos falando de música em seu estado mais único: música independente. 

Por segundo, o design demonstra seu grande potencial. Ou seja, descer o mouse ao longo do extenso conteúdo revela como criatividade e conceitos básicos de design podem transformar uma informação. De algo possivelmente complexo e cheio de texto, a informação ganha novos formatos, um aspecto mais interessante e torna-se mais fácil entendê-la.  

Assim, sua extensão não cansa, muito pelo contrário, explorá-la é divertido e interativo. Neste ponto temos ainda os vídeos e músicas inseridos ao longo do infográfico. Que chato seria falar sobre música sem poder ouvi-la, não? Por que não ouvi-la? Convido a todos a colocar o fone e explorar todas as bandas e músicas escondidas nos ícones de vídeo.  

Como base de todo o infográfico, não poderia faltar a densa informação; e como há informação! Quem diria que uma única gravadora teria tanto a contar? Aí encontra-se a grande sacada do material: ele não se prende apenas a história da Factory Records, mas explora também as bandas que por lá passaram, quais foram os legados deixados no mundo da música e como outras gravadoras ao redor do mundo seguem este mesmo modelo. Assim, a narrativa se enreda em novos caminhos, chegando até gravadoras brasileiras que produziram artistas como Pitty, tornando o conteúdo mais próximo do público, além de curioso. 

Não menos importante, temos a linguagem. Criou-se uma ideia de que infográficos devem utilizar uma linguagem mais didática, beirando o infantil. Neste caso, como produção de um jornalista, vemos uma linguagem mais desenvolvida, profunda, quase poética. Logo, conhecer a história da Factory Records ganha um ar mais envolvente, deixando de ser apenas informativo. 

Agora, qual indicação você mais gostou? Qual vai consumir primeiro? Curioso para o próximo Clubinho?

Fique de olho, pois no próximo mês mais inspirações virão por aí. Por enquanto, fique com outros conteúdos que já foram indicados em nosso blog:

Cineminha para o finde!

Confira as "14 produções audiovisuais para conhecer mais sobre comunicação, criatividade e marketing".

Conteúdos produzidos por mulheres!

Confira mais em "ESPECIAL DIA INTERNACIONAL DA MULHER: Coleção de Conteúdos"

Inspiração para períodos curtos!

Confira mais em "Uma hora e meia de inspiração, reflexão e criatividade com TED"

Compartilhe